sábado, 10 de outubro de 2009

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Quer Brincar ???

Alegria de criança
È tão fácil, tão gostosa !
Qualquer sonho se alcança.
E a vida é cor de rosa.
O brinquedo ou a caixa,
Tudo serve para brincar.
Tudo sempre se encaixa
Nesta fase de inventar.
Pega-pega, esconde- esconde, mau-mau...
Gato mia, polícia e ladrão...
Brincadeira mais legal
Vem da imaginação.
Você brinca o dia todo
E com tudo que aparece.
Se adulto é quem brinca,
Dizem dele: " Este não cresce "
Mas criança se diverte
De um jeito diferente.
Ela leva mais a sério
A missão de ser contente.
Qualquer coisa nessa vida
Pode virar brincadeira.
Chuva, rio, nuvem surgida...
Qualquer coisa que se queira.
Quando você for grande
Continue a diversão.
Com bola, pintura ou casinha...
Existe uma profissão!
Até mesmo com palavras
A gente pode brincar.
Está vendo esta poesia?
Eu brinco é de rimar !
Evelyn Heine
Postado por Edni, às 22:25

Crianças Lindas

Postado por Edni, às 22:15

05 de outubro - Dia da Natureza

No dia 05 de outubro, comemora-se o dia da natureza. Chamamos de ambiente ou natureza o mundo no qual o homem vive e que existe independente das atividades do mesmo.
È tudo aquilo que não foi criado pelo homem, mas que constitui o universo, como rios, mares, plantas, florestas, animais, mineirais e o próprio homem.
Com a evolução, construção das cidades, das facilidades da vida moderna, o homem passou a modificar a ordem natural da vida no planeta, prejudicando o equilíbrio do meio ambiente.
Agindo de forma predatória, tem destruído a natureza sem se preocupar com os prejuízos que sofrerá num futuro bem próximo.
São desmatamentos, queimadas, destruição da camada de ozônio, o efeito estufa, dentre vários outros problemas que tem causado a extinção de importantes espécies vegetais, além dos animais, prejudicando as cadeias em que os mesmos se utilizam para viver. A Arara-azul, mico-leão-dourado, lobo-guará, tamanduá-bandeira e vários outros, são animais da fauna brasileira que são dificilmente encontrados.
È importante que o homem crie consciência ecológica, de que a degradação ambiental só trará malefícios para as gerações futuras.
No Brasil, a Secretaria Especial do Meio Ambiente tem desenvolvido projetos tentando conscientizar a população dos prejuízos causados pela degradação ambiental.
Mas em razão da vida moderna, o lixo nas grandes capitais do país tem aumentado em quantidades significativas e os aterros sanitários e lixões não mais os comportam.
A camada de ar que protege a Terra dos raios ultravioleta , a camada de ozônio, tem sido destruída pelo aumento dos meios de transporte que circulam no mundo, pela poluição advinda das indústrias, por queimadas, pelo uso excessivo de produtos sprays e produtos químicos. Isso ocasiona o aumento da temperatura da Terra, além de causar as chuvas ácidas, tufões, tsunamis, terremotos, etc., que provocam grandes problemas à humanidade.
O uso de materiais descartáveis, como os plásticos e outros , tem causado a morte de várias espécies animais por sufocamento. Tartarugas e gaivotas já foram encontradas mortas, pois tinham em seu estômago pedaços de sacolas plásticas, que engoliram ao confundir com alimentos.
Criar hábitos que favoreçam a natureza só trará benefícios. Não adianta ficarmos parados esperando grandes projetos dos governantes. Pelo contrário do que se pensa, é através de pequenas atitudes que podemos melhorar as condições do planeta, que nunca mais será o mesmo.
Evitar o uso de produtos descartáveis do tipo plástico, metais e vidros, usar sacolas ecológicas feitas de tecido ou carrinhos próprios para feira, não jogar lixos em lugares inapropriados, não jogar papéis de bala ou chicletes nas ruas, latas de cerveja e refrigerante nas estradas, etc., trará ao planeta uma condição melhor de sobrevivência tanto para os homens como para os animais.
Fonte: Jussara de Barros / Equipe Brasil Escola
Postado por Edni, às 21:50

Mensagens Dia das Crianças...









Postado por Edni, às 21:20






Criança, Botão de uma Flor




Toda criança precisa de amor
Sou como o botão de uma flor
Às vezes quero ser gente grande
Ser forte como um gigante.
Criança quer sorrir
Criança quer falar
Criança quer ouvir
Criança quer calar.
Criança quer é ser feliz
Fazer o que der na veneta
Riscar paredes com o giz
Rabiscar papéis com lápis ou caneta.
Rosângela Trajano
Postado por Edni , às 20:55

domingo, 4 de outubro de 2009

A origem do Dia das Crianças


O Dia das crianças é uma data comemorada em diferentes países. De acordo com a história e o significado da comemoração, cada país escolhe uma determinada data e certos tipos de celebração para lembrar de seus menores. Ao mesmo tempo, o Fundo das Nações Unidas para a Infância ( UNICEF ) convencionou o dia 20 de novembro para se comemorar o dia das crianças.

A escolha desta data se deu porque nesse mesmo dia, no ano de 1959, o UNICEF oficializou a Declaração dos Direitos da Criança. Nesse documento, se estabeleceu uma série de direitos válidos a todas as crianças do mundo como alimentação, amor e educação. No caso brasileiro, a tentativa de se padronizar uma data para as crianças aconteceu algumas décadas antes.

Em 1923, a cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil, sediou o 3º Congresso Sul- Americano da Criança. No ano seguinte, aproveitando a recente realização do evento, o deputado federal Galdino do Valle Filho elaborou o projeto de lei que estabelecia essa nova data comemorativa. No dia 05 de novembro de 1924, o decreto nº 4867, instituiu 12 de outubro como data oficial para comemoração do Dia das Crianças.

Entretanto, a data não se tornou uma unanimidade imediata. Somente em 1955, a data começou a ser celebrada a partir de uma campanha de marketing elaborada por uma indústria de brinquedos chamada Estrela. Primeiramente, Eber Alfred Goldberg, diretor comercial da empresa, lançou a chamada " Semana do Bebê Robusto ". O sucesso da campanha logo atraiu a atenção de outros empresários ligados á indústria de brinquedos.

Com isso, lançaram uma campanha publicitária promovendo a " Semana da Criança " com o objetivo de alavancar as vendas. Os bons resultados fizeram com que esse mesmo grupo de empresários revitalizassem a comemoração do " 12 de outubro " criado pelo deputado Galdino. Dessa forma, o Dia das Crianças passou a incorporar o calendário de datas comemorativas do país.

Fonte: Rainer Sousa - Equipe Brasil Escola
Postado por Edni , às 16:55

Dia das Crianças

Toda criança do mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.
Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.
Não é questão de querer
Nem questão de discordar,
Os direitos das crianças
Todos têm de respeitar.
Ruth Rocha

Postado por Edni, às 12:10

sábado, 3 de outubro de 2009

Internet: Amiga ou Inimiga da educação ?


A internet, muitas vezes, é vista como inimiga da educação. Retratada como um ambiente descontrolado onde sobra material pornográfico, inutilidades e artigos de cultura inútil. Mas alguns profissionais, atualizados com as evoluções no mundo da comunicação e da web, enxergam esse mundo possível com outro olhar: nessa terra sem lei, sobram oportunidades, mesmo que anárquicas, de conhecimento, ferramentas usáveis na sala de aula e fora dela, úteis na hora de manter o aprendizado dos alunos em momentos de diversão e descontração.

A Wikipédia é um dos exemplos mais claros de como o digital pode favorecer o conhecimento e o desenvolvimento intelectual. Com 7, 5 milhões de artigos, o site colaborativo pode ser alterado por qualquer um e se apresenta como uma poderosa ferramenta educacional. O site possui vários portais de contéudo educativo com materiais de Arte, História, Matemática e Filosofia.

Mas é importante deixar claro que a internet só é fonte de conhecimento , quando o usuário procura por esse conhecimento. Caso contrário, a criança ou o jovem desviarão de todo e qualquer contéudo interessante e atingirão materiais que não agregarão a sua formação.

È nesse momento que o educador entra em cena. Mostrando caminhos, abrindo trilhas pelas teias de informação e mostrando o alvo certo ao aluno.

A escola deve ultrapassar as cadeiras tradicionais e invadir o espaço eletrônico, ensinando o aluno a utilizar com consciência o mundo de possibilidades que é a internet. Não podemos esperar que uma criança de nove anos prefira o site da Tv Escola aos jogos do Cartoon Network, é função de pais e educadores mostrar que sites educativos podem ser interessantes e divertidos.

Quanto aos adolescentes, muito do que sabem sobre a internet foi aprendido de forma autodidata, e muito desse aprendizado não foca na qualidade, mas na facilidade. Um exemplo claro é o número de trabalhos feitos na base do " copia e cola ". Esse mau hábito pede por reeducação, conscientização dos jovens, no sentido de que o aprendizado acontece superficialmente com um método no qual uma pesquisa acontece apenas com um clique do mouse, e não com o bater do teclado e do giro do pensamento.

Cabe aos pais e educadores, a partir das informações aqui contidas e em outros inúmeros artigos sobre internet e aprendizado, decidirem como usar essa poderosa ferramenta, a favor ou contra, amiga ou inimiga da educação e do desenvolvimento intelectual de seus filhos e alunos.

Fonte: Roberto Shiniyashiki- Consultor, palestrante e diretor da sociedade Cre Ser.

Postado Por Edni, às 19:00

Museu de Arte de São Paulo - MASP

O Museu de Arte de São Paulo foi inaugurado no dia dois de outubro de 1947 por Assis Chateaubriand, fundador e proprietário dos Diários e Emissoras Associados e pelo professor Pietro Maria Elardi, jornalista e crítico de arte na Itália, recém chegado ao Brasil. O museu foi erguido no antigo Belvedere do Trianon, que foi demolido para a realização da 1ª Bienal Internacional de Arte em São Paulo ( 1951 ).

A arquitetura da construção, projetada por Lina Bo Bardi, exigia uma estrutura avançada, já que propunha um desenho ousado. O corpo principal do museu seria sustentado por quatro grandes pilares laterais, com vão livre de 74 metros.

Hoje, o MASP é um dos cartões-postais da cidade de São Paulo.

Entidade cultural sem fins lucrativos tem por finalidade incentivar, divulgar e amparar, por todos os meios a seu alcance, as artes de um modo geral e, em especial, as artes plásticas, visando ao desenvolvimento e ao aprimoramento cultural do povo brasileiro.
Para esse fim, mantém Pinacoteca, Biblioteca, Fototeca, Filmoteca, Videoteca, Cursos de Artes e serviço educativo de apoio às exposições, exibição de filmes e concertos musicais de interesse artístico e cultural.
O MASP coloca-se como primeiro centro cultural de excelência no Brasil, pois nele foram realizados todos eventos e atividades relacionadas com arte. Atividades como pintura, escultura, gravura, arquitetura, desing, mobiliário,moda, música, dança, biblioteca, escola, teatro, cinema, work-shops, além de lançamento de livros e conferências.
O visitante pode apreciar no edifício da mais famosa avenida de São Paulo, a Avenida Paulista, obras da escola italiana como Rafael, Andrea Mantegna, Botticceli e Bellini: de pintores flamengos Rembrandt, Frans Hals, Cranach ou Memling. Entre os espanhóis estão Velasquéz e Goya.
A maior parte do núcleo de arte européia do MASP é de pintura francesa. Podemos apreciar os quatro retratos das filhas de Luiz XV, pintados por Nattier, ou as alegorias das quatro estações de Delacroix. Do movimento impressionista, encontramos várias obras de Renoir, Monet, Cézanne e Degas. Dos pós-impressionistas é possível apreciar vários quadros de Van Gogh ou de Toulouse-Lautrec.
Um dos destaques do acervo é o espaço dedicado à coleção completa de esculturas de Edgar Degas. Uma coleção de bronzes, feitos em tiragem de 73 peças, só podem ser vista integralmente no MASP e em poucos museus no resto do mundo, como no Metropolitan em Nova Iorque e no Museu D' Orsay em Paris.
O MASP foi criado para ser um museu dinâmico, com perfil de centro cultural. Por isso possui espaços diferenciados para realização de exposições temporárias. O visitante sempre encontra uma novidade em sua visita ao museu, por mais frequente que seja. As exposições temporárias apresentam os mais variados temas ou suportes.
Exposições nacionais e internacionais de arte contemporânea, fotografia, design e arquitetura se revesam durante o ano, trazendo ao público um universo de imagens.
Ficou com vontade de conhecer???
Então anote: Av. Paulista, 1578

Postado por Edni , às 18:00


sexta-feira, 2 de outubro de 2009

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Ao ser criticado...

1- Entenda que receber crítica é sempre uma oportunidade para crescimento, amadurecimento e enriquecimento;
2- Fique preparado para receber críticas, especialmente se você também faz críticas até quando você não critica ninguém;

3- Procure fazer com que a pessoa se sinta segura e à vontade para criticá-lo;

4- Compreenda que quem o critica está provando que gosta de você e que quer o seu bem, mesmo que às vezes não tenha aquela habilidade necessária para fazê-la;

5- Aguarde com paciência para que o tempo se encarregue de que você não estava errada, quando a crítica for injusta ou produto de uma visão limitada dos críticos;

6- Compreenda que uma pessoa recebe um impulso maior para criticar quando está realmente aborrecida;

7- Corrija seus rumos, mas não perca seu objetivo. Os erros não nos podem desviar de nossa missão;

8- Ajude a pessoa a focar a crítica no problema e não em você.



Fonte: A Liderança que agrada a Deus / Islei Santos.
Postado por Edni, às 21:15

O Estudo que faz diferença.

Em qualquer profissão, a palavra de ordem do momento é atualização. Na educação não é diferente. No mercado de trabalho, os profissionais apostam nos cursos de pós-graduação e MBAs.
Nas redes de ensino, o termo usado é formação continuada. Para todos, inclusive diretores. Afinal, um gestor bem formado faz toda a diferença nos resultados da escola e no desempenho dos alunos. As Secretarias de Educação começam a se preocupar com isso e a oferecer uma formação voltada para os responsáveis pela gestão escolar. Porém não bastam palestras eventuais com consultores que desconhececem a rotina de um diretor.
Uma boa formação continuada envolve reuniões periódicas dos gestores com seus pares e com formadores capazes de fazer com que cada um identifique e elabore um plano de ação visando soluções para as questões do cotidiano escolar.
Para tereza Perez, diretora executiva do Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária ( Cedac ), em São Paulo, Bons currículos devem prever o debate sobre o papel da liderança e a discussão de problemas reais: " O trabalho do gestor é transformar a realidade tendo em vista a melhoria da aprendizagem e, para isso, ele precisa saber conduzir bem os processos e mobilizar as pessoas ". Importante também é ter foco para não haver o risco de querer tratar de tudo ao mesmo tempo e o conhecimento construído nos encontros ficar disperso e sem aplicação.
A formação da Secretaria Municipal de Educação de São José dos Campos, a 100 quilômetros de São Paulo, existe há seis anos e está estruturada em reuniões semanais, em que gestores são apresentados a projetos que serão implantados na rede. " O objetivo é que eles estejam cada vez mais envolvidos com a parte pedagógica", explica Fátima Queiróz, coordenadora de Educação Infantil da Secretaria. Para isso, a equipe técnica apresenta as idéias aos diretores e argumenta sobre a relevância do tema para a prendizagem. Os diretores estudam as propostas e cada um faz uma lista das necessidades de sua escola para implementá-lo. Com base nisso, são elaborados os planos de ação. " O mais importante é que o gestor entenda que é responsável pela implementação da mudança, sempre tendo o compromisso com o aprendizado ", enfatiza Fátima. A diretora Rita Giovanelli, da EMEI José Madureira Lebrão, percebeu nos encontros a importância de o gestor se aproximar dos pais e, com isso, mudou a maneira de se relacionar com eles.
Se o propósito da formação é ampliar o conhecimento sobre a gestão escolar, o contéudo dos programas tem de estar atrelado às demandas. Ilona Becskeházy, diretora executiva da Fundação Lemann, entidade paulista que trabalha com a formação de gestores, afirma que ouvir os diretores é a maneira mais fácil de detectar que assuntos precisam ser discutidos na formação. Para Sìlvia Carvalho, coordenadora executiva do Instituto Avisa lá, organização não-governamental de São Paulo que trabalha com a formação de educadores da Educação Infantil, as maiores dúvidas estão relacionadas à administração de pessoal.
Para as duas especialistas, é imprescindível que a formação aborde as maneiras de encontar soluções viáveis em condições nem sempre ideais. Se os professores faltam muito, por exemplo, ou se a equipe é pequena, deve se perceber que o investimento no comprometimento de todos pode trazer resultados.
Outros temas essenciais são a transformação dos espaços físicos em ambientes de aprendizagem, a interação e a articulação da escola com a comunidade escolar- incluindo o relacionamento com os pais - e a concepção da escola como um ambiente de formação para todos. A Secretaria municipal de Baixo Guandu, município a 300 quilômetros de Vitória, realiza a formação apoiada em metas anuais.
Para 2009, foi elaborada uma lista de objetivos, como a redução da distorção entre a idade e a série e da evasão escolar. Para atingi-los, as reuniões abordaram algumas questões, entre elas as maneiras de melhor utilizar os espaços da escola para expor e valorizar a produção dos alunos. Nos encontros, foram discutidos e elaborados projetos institucionais que foram implementados nas diversas unidades da rede. A diretora Fernanda Justiniano Barbosa, da EMEIEF Aládia Trindade Paiva, investiu no uso do espaço escolar e na forma de divulgar as produções dos alunos para melhorar a comunicação com as crianças. E com isso ela começou a acompanhar mais de perto o trabalho que é desenvolvido nas salas de aula.
Se o que a secretaria busca são mudanças efetivas, o acompanhamento das ações discutidas durante a formação é imprescindível. Para tanto, se faz necessário um diagnóstico inicial dos índices de aprendizagem de cada unidade. Tereza Perez, do Cedac, sugere que periodicamente sejam feitas análises dos dados e visitas às escolas para acompanhar o desenvolvimento das ações desencadeadas após a formação e ajudar nas dificuldades enfentadas pelo gestor. Em Campo Grande, os formadores da Secretaria Municipal de Educação têm uma planilha com descritores e indicadores de qualidade de todas as escolas para seguir e avaliar o trabalho realizado. Angélica Dias, diretora da EM Padre tomaz Ghirardelli, compartilha com sua equipe essas avaliações, o que tornou as reuniões de planejamento mais objetivas e participativas.
Os diretores podem solicitar uma proposta de formação continuada das secretarias que ainda não oferecerem, já que uma das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação do Governo Federal é justamente o aprimoramento da gestão escolar. Sílvia Carvalho, do Avisa Lá, lembra que a secretaria deve se estruturar para que a formação esteja alinhada com a política de Educação do Estado ou do Município.
Uma boa formação continuada de diretores deve ter:
* Foco na melhoria da aprendizagem dos alunos.
* Contéudo atrelado às demandas do cotidiano escolar.
* Reuniões periódicas e regulares de diretores com seus pares.
* Currículo que promova debates sobre gestão de pessoas e do espaço escolar sobre o relacionamento com a comunidade interna e externa da escola.
Fonte: revista nova escola - setembro/09
Postado por Edni, às 20:40